MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
29 de abril de 2017    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE 
 


 
     
 
Apresentação


Apresentação

Formada em 1936, a Junta das Missões Geográficas e Investigações Coloniais (JMGIC) deu início, entre outras, a uma série de ‘Missões Antropológicas’ em antigos territórios ultramarinos contemplando, desde o início, a investigação arqueológica, em boa parte graças ao interesse específico dos seus responsáveis. Docente universitário no Porto, Joaquim Rodrigues dos Santos Júnior (1901-1990) liderou várias destas missões, começando por Moçambique. Para além do objetivo primordial de recolha e caracterização antropométrica dos vários grupos culturais locais, procedeu de igual modo à identificação e recolha de artefactos etnográficos e arqueológicos, na esteira dos procedimentos observados ainda em território nacional sob orientação do seu mentor, A. A. E. Mendes Corrêa (1888-1960), médico, antropólogo, arqueólogo e professor na Universidade do Porto.

No geral, a coleção arqueológica do IICT compõe-se de quatro subcolecções: a coleção arqueológica de Angola e as coleções arqueológicas de Moçambique, Timor e Guiné-Bissau, entre as quais constam objetos recolhidos em Angola e Timor por António de Almeida (1900-1984), membro da Junta de Investigações do Ultramar (JIU) e Diretor do Centro de Estudos de Etnologia do Ultramar, posteriormente (1962) denominado Centro de Estudos de Antropobiologia. A par destes, encontram-se materiais resultantes do projeto de investigação de Miguel Ramos (1932-1991), intitulado O Paleolítico do Sudoeste de Angola, desenvolvido nos anos 60, numa concertação de esforços verificada entre a antiga JIU e o Instituto de Investigação Científica de Angola. Na sequência deste e de outros projetos foi fundado o Centro de Pré-História e Arqueologia do IICT.

A coleção etnográfica do IICT inclui quatro núcleos principais: a coleção da Missão Antropológica de Moçambique (1936-1956), chefiada por Santos Júnior ao longo de 6 campanhas; a coleção da Missão Antropológica e Etnológica da Guiné (1946-1947), chefiada por Amílcar de Magalhães Mateus (1911-?), zoólogo e professor na Universidade do Porto; o conjunto proveniente de Timor, que inclui as recolhas efetuadas pela Missão Antropológica de Timor (1953-1975), chefiada por António de Almeida (1900-1984), e um núcleo etno-arqueológico trazido nos anos 1930 pelo Capitão Correia de Campos; o 4º núcleo refere-se a um conjunto de objetos provenientes de Angola e que foram adquiridos a particulares pelo antigo Centro de Pré-História e Arqueologia entre as décadas de 1970 e 1980.

Imagem norma
 
     
     
     
 
Instituto de Investigação Científica Tropical Termos e Condições  separador  Ficha Técnica